2015 A Querela dos Grilos


Por Fátima Fonte

“A Querela dos Grilos” é uma ópera buffa de composição e libreto originais, em língua Portuguesa. Nasce de uma grande vontade de fazer ópera dos nossos dias, e de explorar um sub-género cómico/satírico da ópera – a ópera buffa – que teve o seu apogeu no séc. XVIII, e foi (alegadamente) extinta em meados do séc. XIX. (…)

As personagens – Inspiração e Originalidade – ecoam óperas antigas em que conceitos abstractos eram personificados; o recitativo inspira- se em spoken word/hip hop; chegam sem aviso personagens/musas encantadas em jeito de musical; os músicos assumem o papel do coro das tragédias gregas, comentando e instigando a acção; o público é chamado a intervir na confusão – é isto uma ópera??

A composição musical da “Querela dos Grilos” seguiu o libreto da forma mais próxima possível, tentando encontrar a linguagem mais adequada para lhe dar voz, incorporando de bom grado alusões ou referências a várias épocas e estilos musicais. Este processo exigiu uma colaboração constante com o libretista, e também pisar terrenos desconhecidos – pois cada fragmento de texto traz o seu tom, ambiente e alusões particulares, que não se satisfazem com soluções pré-existentes.

Sobretudo, quis acompanhar a ligeireza do texto, com a sua variedade de humores, aparições inesperadas, tramas e melodramas, preparando a apoteose – ou anti-clímax? – final.

Texto Original Tiago Schwäbl Composição Fátima Fonte Encenação António Durães Intérpretes  Teresa Nunes (Inspiração/Soprano) Intérprete Convidado Job Tomé (Originalidade/Barítono) Coro dos Músicos Crispim Luz (Clarinete e Percussão) Susana Lima (Violoncelo) Brenda Vidal Hermida (Piano)  Desenho de Luz Mariana Figueroa Figurinos Inês Mariana Moitas Fotografia Susana Nunes Produção Teresa Nunes.

Produção Quarteto Contratempus Duração 50 min • M/6